17 de jun de 2011

Imagens mostram buraco negro devorando estrela

Redação SRZD | Ciência e Saúde 



Astrônomos acreditam que a causa das maiores explosões espaciais ocorreu em uma galáxia distante depois que um buraco negro massivo devorou uma estrela. Duas equipes concluíram que uma estrela do tamanho do Sol foi sugada por um buraco negro gigante do mesmo jeito que uma mosca não consegue escapar de um sapo.

Assim que o buraco negro abocanhou a estrela, um feixe de energia foi jorrado em direção a Terra. O banquete estelar ocorreu em uma galáxia a 3,8 bilhões de anos luz. Um ano luz corresponde a cerca de 9,66 trilhões de quilômetros.

Astrônomo da Universidade da Califórnia, em Berkeley, disse que "isto foi totalmente diferente de qualquer coisa vista". Joshua Bloom, que liderou uma das equipes do estudo publicado no periódico científico Science, classificou o evento como algo extremamente raro. Segundo eles, o clarão era uma explosão de raios gama de uma estrela em colapso, que geralmente dura apenas poucas horas. A explosão cósmica continuou a queimar e a emitir radiações de alta energia por dois meses e meio.
Disponível:

Nenhum comentário:

Postar um comentário