18 de ago de 2011

A IMPORTÂNCIA DAS AULAS PRÁTICAS DE BIOLOGIA NO ENSINO MÉDIO

A importância do trabalho prático é inquestionável na disciplina de Ciências e Biologia e deveria ocupar lugar central no seu ensino (Smith,1975). No entanto, o aspecto formativo das atividades práticas experimentais tem sido negligenciado, muitas vezes, ao caráter superficial, mecânico e repetitivo em detrimentos aos aprendizados teórico-práticos que se mostrem dinâmico, processuais e significativo (Silva e Zanon, 2000).

Para os alunos as aulas práticas despertam interesse e torna-se uma ferramenta infalível para tornar a aula mais prazerosa.É com gratificação que hoje os alunos da E.E. Dom Gino podem desenvolver em sala as aulas práticas com auxilio do microscópio óptico, reagentes, e materiais de laboratório necessários para montagem de lâminas para observação.

Mas, é claro que nem todas as escolas possuem instrumentos e aparelhos sofisticados, mas não significa que não se pode realizar nenhuma atividade prática, ao contrário, é necessário criar as condições concretas para que as mudanças ocorram e alcancem a melhoria da qualidade de ensino incentivando as aulas práticas, pois a escola deve buscar fórmulas que permitam aos alunos organizar se tornar responsável pelos espaços cada vez mais amplos no processo de aprendizagem.

Sendo assim, a abordagem prática poderia ser considerada não só como ferramenta do ensino de ciências na problematização dos conteúdos como também ser utilizada como um fim em si só, enfatizando a necessidade de mudança de atitude para com a natureza e seus recursos, pois, além de sua relevância disciplinar, possui profunda significância no âmbito social (Vasconcelos et al., [s.d] ).

“Como professora de Biologia acredito que a prática permite descobrir e redimensionar o conhecimento que é abstraído através da teoria. Trabalhar com experiências é realmente muito importante para desenvolver habilidades de raciocínio no aluno e motivá-lo para o aprendizado ao aplicar os conteúdos em situações do dia-a-dia. O ponto de partida para a elaboração de uma aula prática  e transformar a sala de aula no laboratório de CIÊNCIAS,caso não tenha o laboraório e saber qual o objetivo que se quer atingir com a experiência.” (Profa. Dina Carvalho)


Referência

SMITH, K.A. Experimentação nas Aulas de Ciências. In: CARVALHO, A.M.P.; VANNUCCHI, A.I.; BARROS, M.A.; GONÇALVES,M.E.R.; REY, R.C. Ciências no Ensino Fundamental: O conhecimento físico. 1. ed. São Paulo: Editora Scipione.1998. p. 22-23.
SILVA, L.H.DE A.; ZANON, L.B. A experimentação no ensino de Ciências. In: SCHNETZLER, R.P.; ARAGÃO, R.M.R.Ensino de Ciências: Fundamentos e Abordagens. Piracicaba: CAPES/UNIMEP, 2000.182 p.
VASCONCELOS, A. L. S.; COSTA, C. H.C.; SANTANA. J. R. & CECCATTO, V.M. Importância da abordagem prática no ensino de biologia para a formação de professores (licenciatura plena em Ciências / habilitação em biologia/química - UECE) em Limoeiro do Norte – CE. [Si][Sn][Sd].

Um comentário:

  1. Oi Dina!

    Presenteei o seu blog entre mais nove com 2 selinhos. A regra é a de que se deve repassar a outros 10 blogs. Eu, como estava super atrasada com a publicação dos dois selos, indiquei os dois para os mesmos 10 blogs. Mas fique à vontade. Eu não gosto de fugir às regras mas desta vez eu não tive como, estava muito atrasada mesmo.

    Bjs e espero que goste!

    Claudia Paiva (Anunciando e Reciclando)

    http://vendertrocar.blogspot.com

    ResponderExcluir